Chile não está imune à crise argentina, diz ministro

O Chile não está imune à crise da Argentina, disse o ministro das Finanças, Nicolas Eyzaguirre, prevendo a queda do preço das ações de algumas companhias chilenas que investiram na Argentina. Ele acrescentou, no entanto, que não espera nenhum risco real de contágio da crise financeira. Alguma turbulência nos mercados de câmbio, no entanto, não pode ser descartada, mas, num contexto de baixa inflação, qualquer impacto não será duradouro, disse Eyzaguirre.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.