Chile terá tarifa de 10% para importações de aço

O Chile deve aplicar uma nova tarifa de 10% para diversos tipos de aço importado como chapas e bobinas laminadas a quente, entre outros, segundo informações da imprensa local. A tarifa entrará em vigor imediatamente e permanecerá em efeito por um ano. Países como o Canadá, México e Peru serão isentos da sobretaxa por causa de acordos comerciais firmados com o governo chileno.O valor ficou bem abaixo do que exigido pelos produtores locais de 18 produtos feitos à base de aço, que pediam uma tarifa de 35%. Segundo os produtores, a proteção tornou-se necessária depois que os Estados Unidos aumentaram suas tarifas para importações de aço.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.