Chilena LAN poderá ter fatia minoritária da nova Varig

A chilena LAN informou nesta quarta-feira que deu US$ 17,1 milhões em crédito à brasileira nova Varig e pode obter uma participação minoritária na companhia, que opera rotas usadas anteriormente pela Varig. A LAN afirmou que tem uma opção exclusiva para a cobertura do crédito nas ações da nova Varig. "Mesmo que o montante do investimento não tenha um efeito significativo na companhia, ao exercer essa opção, a LAN pode deter uma parcela minoritária na Nova Varig", afirmou a empresa chilena em um comunicado. De acordo com o presidente da Nova Varig, Guilherme Laager, em declaração por meio da sua assessoria de imprensa, o acordo com a LAN reflete a atratividade que a empresa brasileira exerce no mercado, apesar de apenas há 45 dias ter recebido autorização oficial para operar. "Esse é o início de um namoro entre duas grandes empresas", afirmou Laager, explicando que o aporte financeiro ainda não significa parceria. A Nova Varig é composta por um grupo de investidores brasileiros e internacionais e herdou a maioria das rotas da Varig, após comprar os ativos da companhia em leilão, no ano passado. A Varig era uma das maiores empresas do setor na América Latina, mas, após acumular muitas dívidas, reduziu sua operação para apenas alguns trechos e entrou em recuperação judicial.Matéria alterada às 16h08 para acréscimo de informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.