Chilenos avaliarão frigoríficos de suínos e aves no Brasil

Uma missão de técnicos do Serviço Agrícola e Pecuário do Ministério da Agricultura do Chile iniciou nesta segunda-feira, dia 26, uma série inspeções em 14 frigoríficos de suínos e de aves de sete Estados brasileiros, com a intenção de habilitá-los para exportação de carne termoprocessada (cozida). O grupo foi recebido em Brasília (DF) pelo coordenador de programas especiais do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoar) do Ministério da Agricultura, Ari Crispim.A visita não prevê avaliação de unidades de processamento de carne animal para tratar do fim do embargo mantido pelo Chile ao Brasil, exceto Santa Catarina (SC), desde outubro de 2005, após o surgimento de focos de febre aftosa no Mato Grosso do Sul. A visita termina no próximo dia 9 de março, com uma reunião final em São Paulo (SP).Os técnicos chilenos irão se dividir em dois grupos. O primeiro será específico para visitas em unidades da Aurora, Sadia, Perdigão, Mabella e Seara, em Santa Catarina. O segundo grupo será descolado para Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo, com visitas a unidades industriais e cooperativas de produtores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.