Chilenos são campeões em consumo de vários produtos

A estabilidade econômica e alguns fatores culturais fizeram do Chile um líder de demanda per capita de vários produtos de consumo no mundo e na América Latina. De acordo com um estudo da ACNielsen, o Chile é o segundo maior consumidor per capita de pão no mundo e os chilenos ocupam o quarto lugar como melhores compradores de shampoo e carne de ave. Na América Latina, por sua vez, o Chile é o número um em consumo per capita de chá, celulares, computadores, sorvetes e leite em pó.Em itens como refrigerantes, o volume dessas bebidas ingerido pelos chilenos cresceu tanto nos últimos anos que, ainda segundo a ACNielsen, o país está em primeiro lugar, superando os Estados Unidos, México e Argentina. De acordo com cifras da empresa de consultoria, o consumo anual per capita de refrigerantes no país chega aos 90 litros, acima do consumo mexicano (85 litros), norte-americano (76,3 litros) e argentino (67,6 litros).Só os russo ganham dos chilenos na hora de comer pão. Na Rússia, o consumo desse produto chega a 120 quilos por pessoa ao ano, seguido do Chile, com 93 quilos, e Alemanha, com 90 quilos. Na América Latina, porém, os chilenos deixam longe os argentinos (65 quilos) e mexicanos (60 quilos).A carne de ave fez também dos chilenos verdadeiros campeões. No mundo, o país ocupa o quarto lugar, com 29,8 quilos, superado apenas pelo Kwait (54,3 quilos), Estados Unidos (47,8 quilos) e Israel (45,7 quilos). O consumo médio na América Latina é de 24,3 quilos, no qual o Brasil participa com 29,1 quilos de carne de ave per capita por ano."Chile é um bom consumidor, e isso é explicado por fatores como o nível de pobreza entre 1908 e 2000 caiu de 50% da população para 20%, a estabilidade econômica, a renda per capita e a taxa de alfabetização", explica a ACNielsen Chile ao jornal El Mercurio. De acordo com a consultoria, o Chile tem hoje a segunda maior renda per capita (PIB dividido pelo número de habitantes) da região, perdendo apenas para o México, e deve ser um dos países que tem menor porcentual de pobreza.Mas não é só na área de alimentos que o Chile está à frente de muitos países. A LatinPanel afirma que 27% do orçamento familiar dos chilenos são destinados para o consumo de produtos de higiene pessoal. Levantamento da Procter & Gamble mostra ao Chile em quarto lugar em compras de shampoo no mundo, com 1,46 litro por pessoa. Perdendo apenas de Israel (1,83 litro), Emirados Árabes ( 1,73 litro) e Kuwait (1,50 litro). Em pasta de dente, embora o consumo chileno per capita seja de 0,39 quilo por ano, abaixo do México, Costa Rica e Brasil, o Chile supera os Estados Unidos, onde chega a 0,29 quilo por ano. Até em fraldas descartáveis os chilenos superam os norte-americanos. Chile aparece com 54,1 unidades por pessoa ao ano, ante 36,1 nos EUA e 30,1 no México.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.