Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

China adota medida que reduz valorização do yuan

O governo chinês informou que vai permitir que os exportadores deixem receita no exterior, ampliando um programa de afrouxamento nos controles de câmbio que pode reduzir a pressão de valorização do yuan.

, O Estado de S.Paulo

31 de dezembro de 2010 | 00h00

Pelas novas normas, que entram em vigor hoje, exportadores chineses qualificados poderão decidir sobre o período de tempo que manterão a receita no exterior e quando repatriarão os fundos, informou a Administração de Câmbio do Estado em comunicado divulgado ontem.

Até agora, os exportadores chineses tinham de repatriar seus ganhos no exterior e trocá-los por yuans. "A direção é clara. As autoridades querem reduzir a entrada de recursos estrangeiros no país", disse Wang Tao, economista do UBS.

De acordo com o governo chinês, a medida, que acompanha um projeto-piloto iniciado em 1º de outubro, vai ajudar as companhias chinesas a tomar financiamento no exterior e sustentar sua expansão global.

O relaxamento da exigência de repatriação de divisas pode ajudar Pequim a resolver vários problemas. Por não serem forçadas a repatriar seus lucros, as empresas vão demandar menos moeda local, reduzindo a pressão de alta do yuan.

A mudança também pode diminuir as pressões inflacionárias e desacelerar o crescimento das reservas estrangeiras. O banco central, Banco do Povo da China, compra moedas estrangeiras dentro do mecanismo de repatriação, o que o deixou com reservas crescentes que recicla em bônus de governos estrangeiros e outros investimentos.

"A questão é se os exportadores vão querer manter o dinheiro no exterior", disse Wang. Ela explica que a base de custos de muitos exportadores é doméstica, o que aumenta a necessidade de repatriar a receita./ DOW JONES NEWSWIRES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.