Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

China ainda tem caminho a percorrer na valorização do yuan, diz Geithner

Formadores de política dos Estados Unidos se queixam que a moeda subvalorizada prejudica as exportações em benefício das empresas chinesas concorrentes

Danielle Chaves, da Agência Estado,

20 de março de 2012 | 13h39

WASHINGTON - As autoridades da China têm feito progresso nos últimos anos em permitir que o yuan se valorize, mas o valor da moeda ainda não está baseado no mercado, afirmou o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Timothy Geithner, em uma audiência na Câmara dos EUA. "Eles ainda têm algum caminho para percorrer antes e alcançar uma taxa de câmbio mais orientada pelo mercado, que reflita melhor os fundamentos", disse.

O controle da China sobre o valor do yuan tem sido há bastante tempo um ponto de foco para os formadores de política dos Estados Unidos, que se queixam que a moeda subvalorizada prejudica as exportações dos EUA em benefício das empresas chinesas concorrentes. O Tesouro norte-americano se recusou a acusar formalmente a China de manipular sua moeda, mas autoridades dos Estados Unidos pedem pública e reservadamente que o governo chinês permita que o yuan se valorize mais rapidamente. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
GeithnerChinaYuan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.