China aumenta gastos para sustentar economia

Os gastos fiscais da China saltaram 24,6 por cento em maio ante o ano anterior, informou o Ministério das Finanças, destacando a intensificação dos esforços do governo para fortalecer a economia.

REUTERS

11 de junho de 2014 | 07h23

Os gastos fiscais totais em maio subiram para 1,3 trilhão de iuanes (208,75 bilhões de dólares), acelerando ante alta de 9,6 por cento nos quatro primeiros meses do ano.

Os gastos do governo central também subiram 15,8 por cento em maio sobre o ano anterior, enquanto os gastos dos governos locais avançaram 26,9 por cento, disse o ministério na quarta-feira.

O salto nos gastos ocorrem depois do fraco crescimento da economia chinesa no primeiro trimestre.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROCHINAGASTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.