China controlará preços em área afetada por terremoto

Controles temporários foram impostos sobres os preços de alimentos e de tarifas de transporte nas províncias chinesas de Sichuan, Gansu e Shaanxi e na cidade de Chongqing, áreas que foram atingidas por um forte terremoto na segunda-feira, para evitar o acúmulo de produtos e especulação, informou hoje a agência de notícias Xinhua.Autoridades locais anunciaram a medida depois que a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma ordenou ontem monitoração diária, controle de preços e punição de especuladores.Em Mianyang, uma das regiões mais afetadas pelo terremoto, há relatos de vendedores de alimentos que estão dobrando ou mais que dobrando os preços, segundo a Xinhua. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.