China cria fundo de US$ 146 mi para ajudar pequenas empresas

Recursos serão direcionados a investimentos no desenvolvimento das companhias e cobertura de prejuízos

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

29 Outubro 2008 | 10h16

A China anunciou a criação de um fundo de 1 trilhão de yuans (US$ 146 milhões) para oferecer recursos às pequenas e médias empresas, disse o Ministério das Finanças. Os recursos devem ser direcionados a investimentos no desenvolvimento dessas companhias e à cobertura de prejuízos registrados por organizações de garantia de crédito a elas, acrescenta o Ministério em nota distribuída em seu website.   Veja também: BC da China corta juro pela 3ª vez em seis semanas Veja os reflexos da crise financeira em todo o mundo Veja os primeiros indicadores da crise financeira no Brasil Lições de 29 Como o mundo reage à crise  Entenda a disparada do dólar e seus efeitos Especialistas dão dicas de como agir no meio da crise Dicionário da crise    As pequenas e médias empresas normalmente enfrentam dificuldades na obtenção de empréstimos dos bancos, em conseqüência da ausência de colateral, e o governo espera que o fundo ajude tais empresas a tomar empréstimos.   No começo do ano, o governo central ofereceu 800 milhões de yuans em garantias de crédito para as pequenas e médias empresas, segundo a nota distribuída nesta quarta-feira. O governo também ofereceu 1,9 bilhão de yuans em subsídios para as empresas de menor porte engajadas em inovação tecnológica e outros 1,2 trilhão de yuans para aumentar a cooperação econômica internacional.

Mais conteúdo sobre:
Crise Financeira Crise nos EUA China

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.