China deixa bolsas da Ásia sem direção

A desaceleração contínua no setor industrial traça quadro preocupante para a economia chinesa

01 de julho de 2013 | 09h33

Os mercados de ações da Ásia fecharam em direções divergentes nesta segunda-feira, após a divulgação de indicadores sobre o setor industrial da China.  Mais cedo, a Federação de Logística e Compra da China (CFLP, na sigla em inglês) informou que o índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) oficial do setor industrial do país caiu para 50,1 em junho, em linha com as expectativas do mercado. Em maio, a leitura havia sido de 50,8%.

O indicador concorrente do HSBC também mostrou queda. O PMI final caiu para 48,2 em junho, a menor leitura em nove meses. Uma pontuação acima de 50 indica expansão, já um resultado abaixo desta marca mostra contração da atividade da indústria.

A desaceleração contínua no setor mostrada pelo PMI do HSBC traça um quadro preocupante para a economia chinesa, que já estava sendo pressionada por temores sobre o aperto de liquidez no mercado interbancário do país.

Por causa de seus laços comerciais com a China, as ações na Austrália foram particularmente atingidas. O índice S&P/ASX 200 abriu a sessão em queda e recuou ainda mais com a divulgação do PMI, fechando em baixa de 1,9%, aos 4.710,30 pontos.

Na China, o índice Xangai Composto passou a maior parte da sessão em território negativo, mas se recuperou no final do pregão e fechou em alta de 0,8% aos 1.995,24 pontos. O índice Shenzhen Composto subiu 2,1%, para 906,43 pontos. A Bolsa de Hong Kong ficou fechada por causa de um feriado.

Ações na China continental devem continuar a subir nesta semana, com os investidores em busca de pechinchas, após um período de forte vendas provocadas pela crise de escassez de liquidez no mercado interbancário chinês, disseram analistas.

Já em Taiwan, as ações fecharam em queda, com reajuste de posições após o término do trimestre. O índice Taiwan Weighted caiu 0,3%, para 8.036,00 pontos.

Na Coreia do Sul, índice Kospi caiu 0,4%, para 1.855,73 pontos.

As ações nas Filipinas estenderam ganhos para o quarto dia consecutivo nesta segunda-feira, uma vez que os investidores continuam a aproveitar os preços mais baixos em meio a boas perspectivas econômicas domésticas. O índice PSEi fechou em alta de 1,0%, aos 6.526,62 pontos. Fonte: Dow Jones Newswires. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.