China descarta câmbio flutuante logo

O ministro das Finanças da China, Xiang Huaicheng, descartou a possibilidade de seu país adotar o regime de câmbio flutuante no curto prazo."Falando pessoalmente, a direção de nosso sistema cambial é mudar para o sistema flutuante. Mas, no futuro previsível, é impossível liberalizar completamente o sistema cambial", disse Xiang em uma entrevista coletiva em Washington após reunir-se com o secretário do Tesouro dos EUA, Paul O´Neill.A China mantém há oito anos o sistema de "flutuação administrada", com o yuan flutuando dentro de uma banda estreita em torno dos 8,277 por dólar.Na coletiva, O´Neill minimizou a importância dos crescentes superávits comerciais da China no comércio com os EUA (US$ 83 bilhões em 2001, de US$ 11,5 bilhões em 1990 ). "Se eu vejo isso como uma complicação? A resposta é não", disse O´Neill.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.