China deve duplicar frota de aviões em cinco anos

A China planeja duplicar sua frota de aviões de carga e passageiros nos próximos cinco anos, para atender à crescente demanda do setor, informou neste sábado o jornal China Daily.Segundo o vice-ministro da Administração Chinesa de Aviação Civil (CAAC), Gao Hongfeng, as companhias aéreas do país aumentarão a sua frota em 1.580 aviões até 2010. Atualmente, são 863."A expectativa se baseia no robusto crescimento do mercado de vôos domésticos", afirmou Gao. Ele acredita que até 2025 a frota poderá chegar a 4 mil aviões.A previsão é superior à de 3.200 unidades feita pela indústria americana Boeing para os próximos 20 anos. O valor total pode chegar a US$ 213 bilhões.O mercado, segundo as previsões das autoridades, vai crescer 14% por ano até 2010. Em seguida, o crescimento deve cair para uma taxa de 11% entre 2011 e 2020.Em 2005, as 27 companhias aéreas chinesas transportaram 138 milhões de passageiros, 15,5% a mais que em 2004. O aumento no transporte de carga foi de 13,8%, 3,06 milhões de toneladas a mais que o ano anterior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.