China deve usar todas as ferramentas de política disponíveis--BC

A China tem que usar todas as ferramentas disponíveis para administrar efetivamente a política monetária, afirmou nesta quarta-feira o presidente do Banco do Povo da China, o banco central do país, Zhou Xiaochuan.

Reuters

22 de agosto de 2012 | 08h59

"Todas as ferramentas devem ser deixadas disponíveis", afirmou Zhou a repórteres às margens de uma conferência em Pequim quando questionado se é a favor de taxas de compulsório para administrar o estabelecimento de políticas no atual ambiente.

Alguns investidores veem sinais em recentes ações de política de que o banco central não está disposto a cortar agressivamente a taxa de compulsório agressivamente para impulsionar a economia, preferindo usar operações do mercado de dinheiro para fazer injeções de liquidez no sistema financeiro.

Investidores têm altas expectativas de ação iminente de política do banco central para impulsionar a confiança na segunda maior economia do mundo, que registrou o trimestre de crescimento mais lento na base anual em mais de três anos entre abril e junho, expandindo 7,6 por cento.

(Reportagem de Aileen Wang e Koh Gui Qing)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROCHINAFERRAMENTAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.