China deverá subir compulsório novamente, diz jornal

A autoridade reguladora do sistema bancário da China deverá aumentar o compulsório para os maiores bancos do país para 11,5% ou acima disso neste ano, para garantir a qualidade de capital das instituições, informou o jornal Shanghai Securities News no sábado, citando uma fonte não identificada.

ANDRÉ LACHINI, Agencia Estado

28 de fevereiro de 2010 | 17h10

O regulador também deverá requerer aos bancos que mantenham um capital de núcleo de não menos que 75% do capital total, o que costuma ser provido através da emissão de ações comuns ou da retenção progressiva de lucros, informou o jornal.

Apenas em dezembro, a Comissão Reguladora Bancária da China pediu aos grandes bancos que aumentassem sua taxa de compulsório de 10% para 11%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
China, compulsório

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.