China diz que vai adaptar política monetária quando necessário

A China vai adaptar de forma preventiva sua política monetária quando for necessário para manter o crescimento estável na segunda maior economia do mundo, afirmou o gabinete do país nesta sexta-feira, após uma reunião semanal.

Reuters

30 de maio de 2014 | 07h51

Para sustentar o crescimento, o governo vai reduzir mais os custos administrativos para empresas e elevar o impacto das reduções na taxa de compulsório para alguns bancos, disse o governo em um comunicado online.

A política monetária também será mantida prudente e as autoridades vão garantir crescimento estável na oferta de crédito, acrescentou.

(Reportagem de Koh Gui Qing)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7729)) REUTERS CMO AC

Tudo o que sabemos sobre:
MACROCHINAPOLITICA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.