China e Hong Kong assinam acordo de livre comércio

O primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, e o chefe do Executivo de Honk Kong, Tung Chee Hwa, firmaram neste domingo uma acordo de livre comércio após mais de um ano de negociações. O acordo se divide basicamente em três partes: comércio de bens, de serviços e investimentos.A previsão é de que o acordo, que terá a eliminação de tarifas comerciais de 270 produtos destinados à China já em 2004, favorecerá principalmente o intercâmbio entre Hong Kong e a província chinesa de Cantão. Até 2006, pelo menos mil produtos estarão livres de tarifas.Hong Kong, que em 2002 exportou para a China cerca de US$ 5 bilhões, se compremetu a não introduzir novas restrições contra o setor de serviços chineses. Para a antiga colônia britânica, muito dependentes das exportações, a parceria com a China, é a oportunidade de impulsionar a economia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.