China: é hora de começar a pensar em retirada de estímulos

A China disse que é o momento de as economias mundiais começarem a considerar estratégias de retirada dos estímulos econômicos.

REUTERS

25 de setembro de 2009 | 07h12

Ma Xin, diretor-geral de cooperação internacional da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, acrescentou que as políticas globais podem eventualmente gerar pressões inflacionárias e enfraquecer as moedas.

"Minha posição é que precisamos começar agora a nos preparar para a retirada dessas políticas", afirmou ele em entrevista coletiva.

(Por Paul Eckert)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROCHINARETIRADA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.