China Eastern faz acordo de US$5,4 bi por 60 unidades do A320

A China Eastern Airlines, uma das três maiores aéreas do país, chegou a acordo com a Airbus para comprar 60 unidades do A320 por cerca de 5,4 bilhões de dólares, com entregas previstas entre 2014 e 2017.

Reuters

23 de novembro de 2012 | 10h48

Este é o primeiro grande negócio entre a fabricante europeia e uma aérea chinesa desde a União Europeia decidiu, em 12 de novembro, congelar por um ano os planos de forçar aéreas não europeias a adotarem o programa de comércio de emissões da região.

Segundo comunicado ao mercado, a China Eastern planeja financiar a compra com capital de giro próprio, empréstimos com bancos comerciais e outras fontes que não especificou.

Os novos aviões ajudarão a transportadora a atender à crescente demanda por rotas domésticas de curta e média distâncias.

Acionistas da China Eastern e reguladores ainda precisam aprovar a compra.

(Por Clement Tan)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASCHINAAIRBUS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.