China enfrenta tarefa árdua para alcançar meta de crescimento do comércio

A China enfrenta uma tarefa árdua para alcançar sua meta de crescimento do comércio de 7,5 por cento neste ano uma vez que o período de alta expansão para o setor acabou, afirmou uma autoridade do Ministério do Comércio nesta terça-feira.

Reuters

20 de maio de 2014 | 07h17

O chefe do departamento de comércio exterior do ministério, Zhang Ji, também falou em entrevista à imprensa que a violência contra as empresas chinesas no Vietnã pode afetar o comércio bilateral.

Na semana passada, o gabinete da China anunciou uma série de medidas para sustentar o setor comercial, incluindo mais isenções fiscais, garantias de crédito e opções de hedge cambial a seus exportadores.

O governo determinou uma meta de crescimento de 7,5 por cento para as exportações e importações neste ano. A China não cumpriu suas metas de 8 por cento em 2013 e 10 por cento em 2012.

Reportagem de Kevin Yao

Tudo o que sabemos sobre:
MACROCHINACOMERCIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.