Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

China estuda nova bolsa similar à Nasdaq para empresas pequenas

Ideia é ajudar as companhias menores a levantar recursos para facilitar o financiamento 

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

23 de março de 2012 | 08h58

XANGAI - A China está considerando lançar uma nova bolsa, no estilo da Nasdaq, para ajudar as companhias do país menores a levantar recursos para facilitar o financiamento, disseram duas fontes com conhecimento da situação.

A nova bolsa, que deverá ser localizada em Pequim, será baseada no sistema de marcação a mercado, afirmaram as fontes. Os sistemas de marcação a mercado dependem das corretoras para partilhar a negociação de ações - ao contrário de mercados de leilão contínuos onde as transações são realizadas em uma troca. O Nasdaq é o principal exemplo, com mais de 500 corretoras e comerciantes que agem como traders de mercado.

"A planejada bolsa é parte dos esforços da China para estabelecer um sistema de mercado de balcão", afirmou uma das fontes, acrescentando que o prazo do projeto ainda não foi decidido.

A bolsa centrará foco em companhias de tecnologia pequenas. As dificuldades que elas têm tido para levantar recursos em um cenário monetário apertado é o estímulo para o novo sistema. Os pré-requisitos não serão tão rigorosos como as existentes para as bolsas em Xangai e em Shenzhen. As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
bolsapequimpequenas empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.