China fortalecerá suporte a empresas de serviços terceirizados

País vai oferecer mais incentivos e apoio financeiro como parte de um esforço para reestruturar a economia

Danielle Chaves, da Agência Estado,

09 de setembro de 2009 | 10h12

A China vai oferecer mais incentivos e suporte financeiro para sua indústria de serviços terceirizados como parte de um esforço mais amplo para reestruturar a economia do país, afirmaram autoridades chinesas.

 

Recomendações emitidas em conjunto pelo Banco do Povo da China (PBoC, o banco central do país), pelo Ministério do Comércio e por órgãos reguladores dos setores bancários, de títulos, seguros e câmbio incluem esforços para expandir o acesso de companhias de serviços terceirizados a financiamentos por meio dos mercados de capital do país, com ofertas de ações e de dívidas, por exemplo, segundo um comunicado publicado no website do PBoC.

 

Os reguladores também estão encorajando instituições financeiras a oferecer taxas de seguro preferenciais para companhias do setor de serviços terceirizados e a aumentar os empréstimos para tais empresas, de acordo com o comunicado. Além disso, os reguladores pretendem reduzir os riscos do câmbio para que empresas do setor façam negócios no exterior com yuans.

 

Companhias de serviços terceirizados oferecem serviços profissionais para outras empresas, de modo que estas podem se concentrar em suas operações principais. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaserviços terceirizados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.