coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

China pede painel da OMC contra sobretaxas ao aço

A China pediu à Organização Mundial do Comércio (OMC) a criação de um painel para avaliar a legalidade da decisão dos EUA de impor sobretaxas às importações do aço.Esta é a primeira vez que a China pede à OMC um painel desde que se juntou à organização no começo do ano e segue os pedidos anteriores feitos por União Européia, Japão e Coréia do Sul.Todos exigem compensações pelos estragos que as sobretaxas estão causando em suas indústrias domésticas. Pequim afirma que as tarifas, impostas há dois meses, estão prejudicando sua indústria de exportação e são injustas com a China, por ser um país em desenvolvimento.Os EUA usaram um procedimento permitido pelas regras da OMC para bloquear a instalação do painel, disseram representantes. Mas a solicitação da China deve ser reconsiderada numa assembléia da OMC no dia 24 de junho e não poderá ser bloqueada novamente.Os painéis de disputa podem levar até um ano para decidir sobre a legalidade de políticas de comércio. Os dois lados podem apelar das decisões, mas a decisão do órgão de apelação é definitiva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.