finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

China planeja meta de crescimento em 2015 'em torno de 7%'

Após sua economia apresentar o menor desempenho em 24 anos, a China planeja cortar sua meta de crescimento para cerca de 7% em 2015, disseram fontes à Reuters. Este seria o objetivo mais baixo em 11 anos. A previsão oficial para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) chinês será  anunciada pelo primeiro-ministro, Li Keqiang, na sessão anual do Parlamento em março.

O Estado de S. Paulo

28 de janeiro de 2015 | 07h16

A corte na estimativa vem no momento em que autoridades tentam gerenciar a desaceleração do crescimento e a criação de empregos, buscando reformas para tornar a economia mais direcionada pela forças do mercado. Li Daokui, economista e ex-membro acadêmico do Comitê de Política Monetária do PBoC (o banco central chinês), considerou "razoável" a redução da meta, que foi de 7,5% em 2014.

A meta de crescimento foi endossada pelos principais líderes do partido na Conferência Econômica Central, realizada a portas fechadas em dezembro, disseram à Reuters várias pessoas com conhecimento do resultado.

A meta, que está em linha com as expectativas do mercado, não havia sido relatada anteriormente. (Com informações da Reuters e da Agência Estado).

Tudo o que sabemos sobre:
CHINAPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.