China: preço médio de propriedades fica estável

O preço médio das propriedades em 70 cidades chinesas ficou praticamente estável em outubro na comparação com setembro, pelo segundo mês consecutivo, de acordo com dados divulgados neste domingo pelo Escritório Nacional de Estatísticas do país. Os números indicam que os preços estão se estabilizando após uma recuperação desde junho. Mesmo assim, houve aumento de negociações nos últimos meses.

PAULA MOURA, Agencia Estado

18 de novembro de 2012 | 10h37

Os preços de moradias recém-construídas subiram em outubro ante o mês anterior em 35 das 70 cidades de médio e grande porte pesquisadas pelo órgão. Em setembro, houve alta em 31 cidades. Na comparação com outubro de 2011, os preços das moradias novas recuaram em 56 das 70 cidades, frente a 55 cidades em setembro. Em grandes cidades como Pequim, Xangai, Shenzhen e Guangzhou, ficaram estáveis ou ligeiramente maiores em outubro ante setembro.

Segundo cálculos da Dow Jones, os preços nas 70 cidades avançaram 0,05% em média em outubro na comparação mensal. Em setembro, houve alta de 0,01%. Foi registrado recuo de 1% em média em outubro na comparação anual, uma desaceleração ante a queda de 1,19% em setembro e agosto, de acordo com a Dow Jones. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinapreço propriedade

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.