China prende ex-empregado da Coca-Cola

A polícia chinesa prendeu um ex-empregado de uma engarrafadora da Coca-Cola no país, disse o porta-voz da empresa norte-americana em Hong Kong, Keneth Kaerhoeg, neste domingo. De acordo com a mídia local, o ex-funcionário é acusado de aceitar US$ 1,5 milhão em propinas e foi preso há duas semanas. Kaerhoeg não forneceu mais detalhes.

AE, Agencia Estado

13 de setembro de 2009 | 10h13

A unidade é operada pela Shenmei Beverage and Food Co. Kaerhoeg disse que a Shenmei está "cooperando ativamente com a investigação." A Coca-Cola tem 38 engarrafadoras na China, que empregam mais de 30 mil pessoas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Coca-Colaprisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.