China proíbe importação de frango e derivados do Amazonas

O Ministério da Agricultura da China proibiu a importação de produtos avícolas procedentes do estado do Amazonas, após os focos da doença de Newcastle, informou a agência oficial "Xinhua", nesta segunda-feira, 28.Todos os produtos importados após o surgimento da doença serão devolvidos ou destruídos, segundo o comunicado do Ministério, assinado também pela Administração Estatal de Supervisão de Qualidade, Inspeção e Quarentena.Caso os produtos atravessem o território chinês para ser exportados a outros países, terão que ser previamente selados. As cargas que chegarem ao país de forma ilegal serão destruídas, acrescenta o comunicado.O Brasil, um dos maiores exportadores de carne de frango do mundo, confirmou em maio a existência de um foco da doença de Newcastle num galinheiro caseiro do estado do Rio Grande do Sul, e outros dois, em julho e agosto, no Amazonas.A doença de Newcastle, de origem virótica e endêmica em algumas regiões, é muito contagiosa entre as aves e provoca uma redução do número de ovos e de sua qualidade. Em alguns casos, leva à morte do animal. No ser humano, pode causar conjuntivite e sintomas parecidos com a gripe, sem conseqüências graves para a saúde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.