AFP PHOTO / GREG BAKER
AFP PHOTO / GREG BAKER

China promete eliminar 'todas as barreiras' ao consumo para impulsionar economia

Governos locais estão proibidos de impor novas restrições a compras de automóveis

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de junho de 2019 | 10h11

PEQUIM - A China divulgou nesta quinta-feira, 6, um plano para impulsionar vendas de carros, eletrodomésticos e eletrônicos, como parte de esforços para conter a desaceleração de sua economia. 

O governo chinês vai "se concentrar em remover quaisquer barreiras que possam restringir o consumo", afirmou a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (NDRC, pela sigla em inglês), a principal agência de planejamento econômico do país, em documento destinado a promover o consumo até 2020.

Todos os governos locais estão proibidos de impor novas restrições a compras de automóveis, segundo o plano, que foi divulgado em conjunto com o Ministério do Comércio e o órgão de supervisão ambiental.

Atuais restrições para compras de carros movidos a energia renovável serão suspensas, afirmou a NDRC, e o governo ajudará empresas a reduzir custos.

Pequim também irá promover pesquisa, desenvolvimento e vendas de celulares com tecnologia 5G, de acordo com o plano.

As medidas do governo vêm em um momento em que a economia chinesa enfrenta obstáculos relacionados às crescentes tensões comerciais com os Estados Unidos. / Dow Jones Newswires 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.