China registra superávit recorde em junho

O superávit comercial da China registrou um recorde em junho, ao atingir US$ 14,5 bilhões. Segundo informou nesta segunda-feira o Ministério de Comércio chinês, o montante foi resultado do crescimento de 23% das exportações na comparação com o mesmo mês do ano passado, somando US$ 81,3 bilhões. As importações subiram 19% e chegaram a US$ 66,8 bilhões. É o segundo mês consecutivo em que o superávit chinês quebra o recorde mensal, depois que em maio chegou a US$ 13 bilhões. Com o resultado de junho, o superávit do primeiro semestre chegou a US$ 61,5 bilhões, 55% a mais que no mesmo período do ano passado. Nesse período, as exportações cresceram 25%, a US$ 428,6 bilhões, e as importações subiram 21%, a US$ 367,2 bilhões.Segundo a Comissão Nacional de Reforma e Desenvolvimento, o superávit comercial da China ficará entre US$ 120 bilhões e US$ 130 bilhões no final de 2006, quatro vezes mais que em 2004 (último ano do qual se têm dados completos).Em 2004, a China superou o Japão em volume de comércio internacional e chegou ao terceiro lugar, atrás apenas dos Estados Unidos e da Alemanha.Muitos países desenvolvidos se queixam do excessivo déficit comercial com a China, o que se traduziu em acusações de "dumping" e conflitos em setores como o têxtil, o calçado, as autopeças e o aço, entre outros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.