China removerá imposto sobre distribuição de carne e ovo

O Ministério das Finanças da China anunciou neste sábado que irá remover imposto sobre a distribuição de carne e ovos. A medida vale para vendas no varejo e atacado de porco, carne de boi, carneiro, frango e ovos e entra em vigor no dia 1º de outubro, segundo informou o Ministério em sua página da internet.

LUCIANA ANTONELLO XAVIER, Agencia Estado

29 de setembro de 2012 | 09h28

O movimento faz parte dos esforços de proteger os consumidores da alta dos preços de alimentos, uma vez que os preços de carnes e ovos mostraram sinais de alta seguindo o aumento dos custos de ração e a severa seca nos Estados Unidos que puxaram as cotações do milho e da soja.

Os preços dos ovos no varejo subiram 17% desde o final de maio, enquanto o preço da carne de porco no atacado ganhou 4% desde o início de agosto, segundo informou o governo chinês. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaimpostocarneovos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.