China se transforma no país com maiores reservas de divisas

As reservas de divisas chinesas chegaram em fevereiro a US$ 853,7 bilhões, superando pela primeira vez às do Japão - avaliadas em US$ 850,1 bilhões - e convertendo-se nas maiores do mundo, informou, nesta terça-feira, o jornal China Business News. Segundo o diário, o crescimento no mês passado foi de US$ 8,5 bilhões.Apesar de tudo, o crescimento das reservas na China sofreu uma desaceleração, já que em janeiro tinha sido três vezes maior (US$ 26,3 bilhões).Analistas comentaram que nos últimos anos Pequim utilizou US$ 60 bilhões de suas reservas para a recapitalização dos três grandes bancos estatais: o Banco da China, o Banco de Construção da China, e o Banco Industrial e Comercial da China.O governo chinês assinalou em ocasiões anteriores que tem planos para diversificar suas reservas, que têm o dólar como divisa dominante, e adquirir uma maior quantidade de euros ou ienes.No ano passado circularam rumores de que China, segundo maior importador mundial de petróleo, planejava utilizar parte de suas reservas de divisas para a compra da commodity, em uma medida que, caso seja confirmada, poderia influir de forma crucial nos preços do cru. 2005Em 2005, as reservas de divisas do país asiático aumentaram 34,3% em relação ao ano anterior, e equivaleram a 40% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional, segundo números do Banco Popular da China (equivalente ao Banco Central brasileiro).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.