China supera 10 milhões de veículos vendidos no ano

Nos primeiros 10 meses de 2009 as vendas cresceram 37,8%

Efe

10 de novembro de 2009 | 04h50

As vendas de automóveis na China entre janeiro e outubro já superaram as dez milhões de unidades em 2009 será o primeiro ano que este número é alcançado no país, segundo o jornal oficial China Daily.

 

A Associação de Fabricantes de Automóveis da China expôs os dados de outubro, que assinalam que nos dez primeiros meses do ano as vendas cresceram 37,8% até alcançar 10,9 milhões de veículos.

 

Assim, as vendas em outubro foram de 1,2 milhões de automóveis,72% mais que durante o mesmo mês do ano passado, em um aumento que os fabricantes atribuem aos benefícios fiscais e ao plano de estímulo lançado por Pequim.

 

Com este dado, o gigante asiático se consolida como o primeiro mercado de carros e caminhões do mundo, na frente dos Estados Unidos, cujas vendas em outubro se situaram em 8,6 milhões de unidades.

Um bom exemplo dos números positivos é General Motors, que ontem anunciou que seu "joint venture" na China vendeu um total de 1.459.460 veículos nos dez primeiros meses do ano.

 

"Esperamos que o volume total de vendas de automóveis neste ano alcance 13,5 milhões. Isto suporia que este ano a China se transformaria no mercado maior de automóveis", assegurou recentemente Rao Da, diretor da Associação de Carros de Passageiros da China.

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.