Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

China vai aumentar oferta imobiliária para reduzir preço

O governo da China vai aumentar a oferta de terras no setor imobiliário e expandirá os gastos públicos no setor para disponibilizar imóveis à população com preços mais acessíveis, disse o presidente Xi Jinping, em encontro com especialistas da área.

Agencia Estado

30 de outubro de 2013 | 11h44

A China tem tentado frear a alta nos preços dos imóveis e construir mais casas de baixo custo nos últimos anos, mas o governo não tem alcançado os resultados pretendidos, com muitos casos de fraude.

"Solucionar as necessidades imobiliárias para as massas é uma tarefa de longo prazo", afirmou, embora tenha ressaltado que não têm surgido soluções para as necessidades do setor para as famílias de baixa renda.

O presidente alertou em comunicado postado no site do governo que as reformas têm que persistir com uma abordagem mais pró-mercado, para que as necessidades imobiliárias de diferentes setores sejam atendidas.

Xi disse que haverá uma categoria de famílias de baixa renda que enfrentará dificuldades para comprar imóveis, portanto o governo precisará compensar esse problema e garantir que essas pessoas tenham segurança.

Os comentários de Xi ocorrem antes de um encontro do Partido Comunista entre os dias 9 e 12 de novembro, quando as lideranças políticas do país deverão discutir e propor reformas para a economia. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinasetor imobiliárioofertapreços

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.