Chinês Alibaba Group estuda possível oferta pelo Yahoo!, diz fonte

Mas especialistas em fusões afirmam que qualquer oferta do Alibaba pelo Yahoo! enfrentaria um escrutínio do governo dos EUA

Danielle Chaves, da Agência Estado,

29 de dezembro de 2011 | 11h20

PEQUIM - A companhia chinesa de comércio online Alibaba Group Holding contratou recentemente a empresa de lobby dirigida pela ex-autoridade da Casa Branca Kenneth Duberstein como parte das explorações para uma possível oferta pelo Yahoo!, segundo uma fonte com conhecimento do assunto. O Alibaba afirmou em um documento datado de 23 de dezembro que contratou a Duberstein Group. De acordo com a fonte, a contratação foi feita em meados deste semestre.

O fundador do Alibaba, Jack Ma, disse anteriormente que estava interessado em adquirir o Yahoo!, que possui uma fatia de 40% na companhia chinesa. Fontes afirmaram que o Yahoo! está considerando uma oferta que envolveria reduzir substancialmente sua fatia no Alibaba e vender 35% de sua posição no Yahoo Japan. O valor da transação para os ativos asiáticos seria de cerca de US$ 17 bilhões ou US$ 18 bilhões.

O Alibaba é uma companhia privada não filiada ao governo da China, mas especialistas em fusões afirmam que qualquer oferta da empresa pelo Yahoo! enfrentaria um escrutínio do governo dos EUA porque boa parte de suas operações são baseadas na China. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
YahooAlibabaoferta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.