Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Chinês constrói montanha na cobertura de prédio de 26 andares

Construção exótica esconde uma vila sob um jardim oriental, e provoca vazamentos nos andares de baixo

12 de agosto de 2013 | 13h12

PEQUIM - As coberturas de edifícios são muito disputadas por pessoas que querem mais espaço e exclusividade, mas um chinês exagerou na criatividade e nos limites do que se pode fazer no topo dos arranha-céus.

Depois de comprar a cobertura de um prédio de 26 andares no centro de Pequim, o proprietário conhecido como 'professor Yang' deu início à construção de uma exótica vila escondida sob jardins ornamentais em estilo oriental que imitam uma montanha de rochedos.

A construção arrastou-se por seis anos, e levou os vizinhos do prédio a intermináveis brigas por causa do barulho e de vazamentos nos andares de baixo. Após muitas brigas, o dono da vila vai ter de derrubar a construção irregular.  

Vista do solo, a cobertura se assemelha à paisagem da região, com jardins em estilo oriental, rochas e muitas plantas. Mas a construção da altura de dois andares esconde uma vila com vários cômodos em meio às pedras e vegetação.

No começo os vizinhos reclamavam do barulho, mas com o tempo as queixas voltaram-se para os vazamentos. Agora, o temor é de que o peso excessivo da vila possa comprometer a segurança do edifício residencial.

Yang Shichun, um construtor local, disse que a construção não foi aprovada pelo projetista do edifício, e que representa sobrecarga desproporcional e risco grave por causa dos problemas de vazamento.

Tudo o que sabemos sobre:
construção

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.