Chineses estão no País para negociar restrição à exportação

O secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio exterior, Ivan Ramalho, informou que uma missão chinesa está no Brasil desde ontem para negociar um acordo de restrição voluntária às exportações da China para o Brasil. Segundo ele, o ministro Luiz Fernando Furlan receberá hoje, às 12h30, o vice-ministro da Indústria e Comércio da China, Gao Hucheng, para discutir o assunto. Ramalho informou que as negociações vão prosseguir até amanhã e que há possibilidade de o acordo ser concluído. Além do setor têxtil e confecções, o Brasil quer restringir a entrada de produtos chineses de outras áreas, como calçados, brinquedos, produtos ópticos e ferramentas. Ramalho está no Palácio do Planalto para participar da reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.