Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Chineses querem redução de 40% nos preços da Vale

As siderúrgicas chinesas estão reivindicando um corte de 40% no preço do minério de ferro da Vale e de 45% no da Rio Tinto, disse nesta quinta-feira a agência de notícias estatal chinesa Xinhua.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

21 de maio de 2009 | 05h28

A Associação de Minério e Aço da China vai fazer em breve um comunicado solicitando esses cortes em relação aos últimos preços de referência anuais, afirmou a agência, citando Shan Shanghua, secretário-geral da entidade.

As siderúrgicas chinesas vinham pedindo uma redução de preço de 40% a 50%, mas até agora não haviam especificado quanto pediriam de cada mineradora. A Xinhua não informou o desconto a ser solicitado da BHP Billiton, mas tanto a BHP como a Rio Tinto obtiveram o mesmo reajuste no ano passado, de 88%, enquanto a Vale obteve um aumento de 65%.

Mais cedo, a Associação de Minério e Aço da China desmentiu os rumores de que as negociações de preço haviam sido concluídas. A entidade também negou os rumores de que as siderúrgicas do Japão e da Coreia haviam chegado a um acordo com as três grandes mineradoras globais - Vale, BHP e Rio Tinto. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
minériopreçoValeChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.