Chrysler reativa primeira fábrica após fechar aliança com Fiat

Montadora americana havia suspendido temporariamente toda a produção ao pedir concordata em 30 de abril

Danielle Chaves, da Agência Estado, e Dow Jones,

15 de junho de 2009 | 16h49

A Chrysler Group LLC recomeçou a produzir veículos ao reativar uma de suas fábricas em Detroit, nos EUA, nesta segunda-feira, 15. A fábrica começou a operar pela manhã, segundo o porta-voz da empresa, Max Gates. Essa é a única fábrica que retomou as atividades desde que a Chrysler suspendeu temporariamente toda a produção quando pediu concordata, no dia 30 de abril.

 

Veja também:

especial Veja detalhes do pedido de concordata da Chrysler

especial Acompanhe a trajetória da Chrysler até o pedido de concordata

especial Conheça o perfil da montadora norte-americana

 

A fábrica emprega cerca de 115 pessoas e produz o Dodge Viper. A montadora pretende vender a marca ou parar de produzir o veículo até o fim deste ano.

 

Outras fábricas poderão voltar à produção nesta semana. No entanto, a Chrysler ainda planeja paralisar todas as suas unidades durante duas semanas a partir de 13 de julho, para o tradicional recesso no verão do Hemisfério Norte.

 

No último dia 10, a Chrysler fundiu seus ativos com os da italiana Fiat, que agora controla 20% da companhia resultante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.