Chuvas leves atingem Brasil no início da temporada de plantio

Chuvas fracas atingiram áreas produtoras de grãos no Brasil durante o final de semana e devem continuar durante a semana, enquanto os produtores plantam o que deve ser uma safra recorde de soja e milho, disse nesta segunda-feira a Somar Meteorologia.

Reuters

24 de setembro de 2012 | 19h15

Os principais Estados produtores, o Mato Grosso e o Paraná, receberam cada um cerca de 25 milímetros de chuvas nos últimos quatro dias, e devem receber mais 10 milímetros durante esta semana, afirmou Celso Oliveira, meteorologista da Somar.

A chuva da semana passada, a primeira em meses, estimulou os produtores a iniciarem a plantação do que o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos prevê que seja uma safra recorde de 81 milhões de toneladas de soja.

O início do plantio representa uma antecipação de dez dias em comparação com a temporada anterior.

O Brasil, que pode compensar parte da quebra da safra norte-americana atingida pela seca, ainda não recebeu, no entanto, chuvas suficientes para aliviar a seca do mês de agosto, disse Oliveira.

"Ainda não houve tanta chuva, mas as pessoas estão plantando", ele disse. "A tendência é que haja chuvas mais fortes, a começar pelo Paraná, na próxima semana (1 de outubro), mas em Mato Grosso elas só devem começar após 15 de outubro."

(Reportagem de Caroline Stauffer)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSPLANTIOBRASIL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.