Cias aéreas dos EUA cancelam aumento de tarifas

Após ter anunciado que iria elevar as tarifas em US$ 20,00 por viagem de ida e volta para compensar os preços mais altos dos combustíveis, a Continental Airlines e outras operadoras voltaram atrás. A decisão da Continental de elevar os preços na sexta-feira para todas as rotas foi seguida pela American Airlines, Delta Air Lines, United Air Lines, US Airways, American Trans Air, Midwest Express e American West Airlines. Essas empresas seguiram a Continental e desistiram do reajuste. Executivos haviam dito que a Continental gasta mais de US$ 1 bilhão por ano com combustível, e o custo tem aumentado rapidamente por causa da alta dos preços do petróleo. Eles estão nos níveis mais altos desde outubro de 2000. A tentativa de aumento foi a terceira dos últimos 60 dias, disse Tom Parsons, executivo-chefe da Bestfares.com. Ele informou que o aumento de preços só virá quando a Northwest iniciá-lo. Ele destacou que as operadoras nunca experimentaram tantos desafios, incluindo sua atual situação financeira e a combinação de uma possível guerra com o declínio econômico. As companhias aéreas já perderam quase US$ 15 bilhões conjuntamente nos últimos dois anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.