Ciclo de contração do crédito está perto do fim

Crédito caiu 3,5% no ano passado

Marcia De Chiara, Impresso

25 de fevereiro de 2017 | 17h45

O ciclo de contração do crédito, que registrou queda de 3,5% no ano passado para os empréstimos destinados a famílias e empresas, deve se encerrar nos primeiros meses deste ano, segundo avaliação da Acrefi, associação que reúne as financeiras. Nicola Tingas, economista da entidade, projeta um avanço entre 5% e 8% do saldo total de crédito do sistema financeiro em 2017.

Mas ele pondera que a retomada do crédito para as famílias pode acontecer num ritmo mais lento. Além da redução da taxa básica de juros, o fator preponderante para a tomada de crédito para consumo é a volta do emprego. “Aos poucos, a demanda por crédito das famílias vai voltar, especialmente a partir do 2º semestre.” Tingas diz que a retomada pode começar pelos trabalhadores que temiam as demissões, mas sobreviveram aos cortes.

Tudo o que sabemos sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.