carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Ciesp: queda de 0,25 p.p. da Selic é 'ducha de água fria'

O Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) classificou como uma "ducha de água fria para os empresários" a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) de reduzir a taxa Selic em 0,25 ponto porcentual, para 11,25% ao ano. De acordo com o Ciesp, a redução do ritmo de queda da taxa de juros representa uma quebra das expectativas que, segundo a entidade, vinham se formando no meio empresarial. Em nota, a entidade afirma que a decisão "coloca em risco a possibilidade de ingressarmos definitivamente no tão desejado ciclo de crescimento sustentado". O Ciesp defende que o ritmo de queda volte a ser de 0,5 ponto porcentual nas duas reuniões do Copom que ainda serão realizadas neste ano. "Não há estabilidade duradoura sem crescimento vigoroso, e a redução da taxa Selic a níveis próximos dos praticados internacionalmente é condição fundamental para garantir que o País mantenha o atual ciclo de crescimento", afirma Boris Tabacof, diretor do departamento de economia do Ciesp.

AE, Agencia Estado

05 de setembro de 2007 | 20h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.