finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Cimento Itaú: oferta atrativa para minoritários

A Cimento Itaú anunciou ontem que vai dar prosseguimento à oferta pública para compra das ações preferenciais (PN, sem direito a voto) em mercado, divulgada inicialmente no ano passado. Para tanto, a companhia aumentou o valor da oferta de R$ 320,00 para R$ 399,43 por lote de mil papéis. Esse valor será corrigido pela Taxa Referencial (TR) desde a data da primeira publicação do edital de oferta pública até a liquidação financeira da operação.Os analistas de mercado já esperavam o aumento do valor da oferta. Com isso, a Cimento Itaú PN disparou 17,89% na abertura dos negócios, para R$ 394,93 o lote de mil. Com a elevação do valor, os analistas passaram a recomendar a adesão dos minoritários à oferta. A analista Luciana Machado, da Fator Doria Atherino, lembrou que o preço de R$ 399,43 por lote de mil, oferecido pela companhia, é 18,52% superior ao valor patrimonial das ações, de R$ 337,00. O analista Rafael Quintanilha, da BES Securities, afirmou que o valor a ser pago pela Cimento Itaú é maior que o preço-alvo calculado pela corretora para os papéis, de R$ 340,00. Ele acredita que os acionistas irão aderir à oferta. "O valor é bom e quem não vender ficará com papéis sem liquidez, ou seja, com fificuldade de negociação", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.