Cinco consórcios prepararam propostas para o trem-bala

Cinco dos seis consórcios pré-selecionados entregaram ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) as propostas para o estudo de viabilidade econômica do trem-bala Rio-São Paulo. O prazo final da licitação internacional venceu no dia 18. A expectativa é que o vencedor seja anunciado pelo BID até sexta-feira. A partir de então, o consórcio terá 10 meses para concluir o estudo. Somente a partir desse trabalho será possível estabelecer demanda, trajeto do trem, custo e preço do bilhete.Segundo projeto preliminar, elaborado pela italiana Italplan, seria preciso um investimento de cerca de US$ 9 bilhões para o trecho entre Central do Brasil (RJ) e Estação da Luz (SP), sem paradas. O trajeto seria cumprido em pouco mais de uma hora e a passagem custaria cerca de R$ 120.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.