finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Citi compra maior emissor de cartões da América Central

O Citigroup anunciou nesta sexta-feira acordo para comprar o Grupo Financiero Uno (GFU), maior emissor de cartões de crédito da América Central. O grupo tem US$ 2,1 bilhões em ativos. Os termos financeiros da transação não foram revelados.Segundo o Citi, a aquisição expandirá significativamente a presença da instituição no segmento de pessoa física na América Latina, estabelecendo uma sólida base para o crescimento regional em financiamento ao consumidor e em operações de varejo.O GFU é uma empresa privada e possui mais de 1 milhão de clientes no setor de varejo, representando 1,1 milhão de cartões de crédito, US$ 1,2 bilhão em contas a receber de cartões e US$ 1,3 bilhão em depósitos na Guatemala, El Salvador, Honduras, Nicarágua, Costa Rica e Panamá, de acordo com dados de 30 de setembro deste ano.A instituição financeira opera uma rede de distribuição constituída por 75 agências e mais de 100 mini-agências e pontos-de-venda. Durante a integração, o grupo Uno continuará a operar sob suas marcas estabelecidas. A previsão é que a transação - ainda sujeita à aprovação normativa dos Estados Unidos e de cada um dos cinco países - seja fechada no primeiro trimestre de 2007."A aquisição do GFU pelo Citigroup é um importante passo estratégico no empenho que vimos exercendo para expansão, na América Latina, das operações voltadas a pessoas físicas", afirma, em comunicado, o executivo chefe do Citigroup, Charles Prince.O Citigroup atua na América Central há mais de cem anos, com forte presença no segmento corporate e de investment banking na Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras e Panamá. A organização possui também uma firma de cartões de crédito no Panamá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.