Citi quer 58% do La Nación, diz jornal econômico

A unidade do Citigroup Inc. na Argentina quer uma participação de 58% no controle do S/A La Nación, em troca de US$ 100 milhões em dívidas vencidas que o jornal deve à companhia bancária, informou a edição de sexta-feira do jornal Buenos Aires Económico. Executivos do Citibank Argentina e representantes do La Nación, um dos mais importantes jornais do país, não estavam imediatamente disponíveis para comentar a reportagem.Em junho, quando notícias semelhantes circulavam amplamente nos círculos financeiros da Argentina, um executivo do La Nación disse à agência Dow Jones que sua companhia e o Citigroup estavam em negociações para pagamento de dívidas, mas negou que houvesse qualquer discussão sobre a aquisição de uma participação no jornal pelo Citibank Argentina. Na época, o executivo disse que o La Nación devia US$ 120 milhões em dívida denominada em dólar ao Citigroup e ao BankBoston. Um projeto de lei que tem como objetivo proteger empresas de mídia argentinas politicamente influentes de seus credores estrangeiros está parado no Congresso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.