Citi tirará bancos para consumidores de 11 mercados; tem alta no lucro trimestral

Citi tirará bancos para consumidores de 11 mercados; tem alta no lucro trimestral

O banco americanos disse que irá sair de suas operações para consumidores em seis países da América Latina, além de Japão, Egito, República Tcheca, Hungria e Guam

REUTERS

14 de outubro de 2014 | 09h27

O Citigroup disse nesta terça-feira que irá sair da área de banco para consumidores em 11 mercados, conforme o mais internacional dos grandes bancos norte-americanos busca pavimentar seu caminho para melhores lucros.

O Citigroup também registrou aumento de 13 por cento no lucro líquido ajustado do terceiro trimestre, ajudado por melhores resultados em sua carteira de ativos problemáticos que sobraram da crise financeira.

O lucro líquido ajustado do trimestre subiu para 3,67 bilhões de dólares, ou 1,15 dólar por ação, ante 3,26 bilhões de dólares, ou 1,02 dólar por ação, um ano antes.

O terceiro maior banco dos Estados Unidos disse que irá sair de suas operações banco para consumidores em seis países da América Latina, além de Japão, Egito, República Tcheca, Hungria e Guam. O Citigroup disse que irá continuar a servir clientes institucionais nesses mercados.

(Por David Henry e Anil D'Silva)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSCITIGROUPRESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.