Citibank lucra US$ 4,3 bilhões no trimestre

O Citigroup Inc. anunciou que obteve um lucro líqüido de US$ 4,30 bilhões (US$ 0,83 por ação) no segundo trimestre, de um lucro de US$ 4,08 bilhões (US$ 0,78 por ação) registrado em igual período de 2002. Esse resultado superou a previsão dos analistas do Thomson Fist Call, que estimavam um lucro por ação de US$ 0,80. O banco informou que obteve uma receita recorde de US$ 19,4 bilhões no segundo trimestre, de US$ 17,99 bilhões registrados em igual período de 2002. A receita também ficou acima da previsão dos analistas do Thomson Fist Call, que estimavam US$ 18,94 bilhões. Bank of America O Bank of America fechou o segundo trimestre com lucro 23% superior ao obtido no mesmo período do ano passado, após seu banco de investimento ter registrado o melhor trimestre de sua história, graças ao desempenho favorável nas operações hipotecárias e com cartões de crédito, depósitos e empréstimos à empresas. O lucro líquido subiu para US$ 2,74 bilhões ou US$ 1,80 por ação no trimestre, superando a expectativa de US$ 1,57 por ação dos analistas. No mesmo período do ano passado, a instituição obteve lucro de US$ 2,20 bilhões ou US$ 1,40 por ação. Segundo o Bank of America, as provisões com crédito caíram ao menor nível desde o primeiro trimestre de 2001, para US$ 772 milhões, de US$ 888 milhões no segundo trimestre do ano passado. As receitas subiram 12% no período, para US$ 9,78 bilhões. O lucro resultante de tarifas subiu 22%, para US$ 4,26 bilhões uma vez que as operações de refinanciamento quadruplicaram para US$ 559 milhões. O lucro com cartões de crédito subiram 23%, para US$ 726 milhões. As informações são das agências internacionais e da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.