Citigroup estuda investir em previdência privada

O Citigroup está estudando entrar no mercado brasileiro de previdência privada, informou ontem o supervisor de investimentos em serviços de aposentaria em mercados emergentes, Alejandro Echegorri. De acordo com ele, o potencial de crescimento do mercado brasileiro é grande.No entanto, ele explica que há uma dificuldade que é o fato de o mercado brasileiro ser diferente dos de outros países da América Latina. "Em outros países é igualmente obrigatória a contratação de plano de previdência por todos tanto para o setor privado como para o estatal", afirmou Echegorri. "Todo mundo na América Latina tem o mesmo sistema, menos o Brasil. Por aqui, ainda haverá novas mudanças no sistema de aposentadoria." De acordo com ele, o Citigroup pode até entrar no mercado brasileiro antes de outras mudanças no sistema, mas isso ainda não está decidido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.