Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Citigroup paga preço recorde por nova sede em Hong Kong

O Citigroup pagará 5,425 bilhões de dólares de Hong Kong (699,86 milhões de dólares) por sua nova sede em Hong Kong, na maior compra de um prédio comercial no centro financeiro da Ásia, afirmou o banco norte-americano nesta terça-feira.

REUTERS

17 de junho de 2014 | 09h09

O prédio de 21 andares se tornará o novo centro do Citi para todos os seus negócios em Hong Kong, onde o banco disse empregar quase 5 mil funcionários. Isso o torna o maior empregador entre bancos estrangeiros na cidade.

O Citi se torna o quarto grande banco global a levar sua sede de Hong Kong do bairro central, cada vez mais caro, para a área de Kowloon.

O Credit Suisse, o Deutsche Bank AG e o Morgan Stanley se mudaram do centro da cidade para o Centro de Comércio Internacional, de 118 andares, em Kowloon, nos últimos quatro anos, em meio ao aumento dos aluguéis.

(Por Lawrence White)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSCITIHONGKONG*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.